Um dos maiores medos de muitas mães, principalmente, as de primeira viagem, é o chamado parto normal, no qual não há intervenção cirúrgica. No entanto, existem grandes perigos para o bebê, caso o procedimento seja de maior complexidade e necessite de assistência, como o uso do fórceps, instrumento utilizado para a retirada da criança, e que pode deixar graves sequelas.

Tentando diminuir os riscos causados no momento do nascimento, o mecânico argentino Jorge Odón inventou um equipamento que auxilia no momento do parto meio de um sistema de sucção, retirando a criança, literalmente, a vácuo. O instrumento, chamado de Odon Device, é usando no segundo estágio do trabalho de parto e evita o contato entre a criança e o seu canal de nascimento, diminuindo assim as chances de infecção ou mesmo de contrair o vírus HIV, caso a mãe seja soropositiva.

A ideia de Odón foi inspirada pelo sistema improvisado de sucção para retirar de uma rolha de dentro de uma garrafa de vinho. O mecânico assistiu ao vídeo e acabou sonhando com o seu equipamento, já proposta para a função de assistência em partos. Não demorou muito, Odón fez seu primeiro protótipo, na cozinha de sua casa.

O equipamento funciona da seguinte forma: um saco plástico lubrificado acopla à cabeça da criança, o saco plástico infla e pressiona até que a criança apareça. O Odon Device foi recomendado Organização Mundial de Saúde (OMS) e teve sua produção licenciada para uma grande empresa do setor.

Assista ao vídeo que inspirou Jorge Odón a criar o seu equipamento