Já pensou em um robô entregando as suas encomendas em casa? Pois é, essa é a ideia de Jeff Bezos, o CEO da Amazon, a maior varejista online do mundo. O executivo, em entrevista ao programa jornalístico da rede norte-americana CBS, ’60 Minutes Sunday’, afirmou que a empresa já pesquisa a possibilidade de usar drones, veículos aéreos não tripulados, para resolver os seus problemas de logísticas e fazer entregas apenas 30 minutos após o pagamento ter sido efetuado pelo cliente. O sistema já tem até nome: Amazon Prime Air.

No entanto, para por a ideia em prática, a empresa ainda depende do aval da Federal Aviation Administration, órgão que regula o setor aéreo nos Estados Unidos. Outras duas empresas também estão de olho na tecnologia: a United Parcel Service (UPS) e a FedEx, ambas responsáveis por entregas de produtos em todo o território norte-americano. “O uso de drone é uma tecnologia interessante e nós continuaremos a avalia-lo”, disse um porta-voz da UPS.

Sem prazo

Porém, a ideia não deve sair do papel tão cedo. A questão ainda demanda diversos debates, como a segurança do equipamento, da mercadoria transportada e também de pessoas que passam pelas ruas enquanto o Prime Air “trabalha”.

Outro ponto que tem chamado a atenção de especialistas é a privacidade e a garantia de que ninguém mexerá na mercadoria enquanto ela é transportada.

Confira no vídeo como funciona o Amazon Prime Air: