enkontra.com
Fechar busca

Segurança

CRIME

Suspeito de morte em ônibus de Curitiba irá se apresentar à polícia nesta sexta-feira

O suspeito do crime é um jovem de 18 anos, que estava escondido na casa de parentes

  • Por Lucas Sarzi

Com a ajuda da população, que fez inúmeras denúncias, a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) elucidou o assassinato do estudante Pedro Felipe Lopes da Luz, de 16 anos, dentro de um biarticulado no bairro Cristo Rei. O suspeito do crime, um jovem de 18 anos que estava escondido na casa de parentes, deve se apresentar nesta sexta-feira (14) aos policiais e contar sua versão do que aconteceu. A Tribuna do Paraná confirmou com exclusividade que o crime aconteceu mesmo por uma confusão por conta de adolescentes que não pagaram a passagem.

A confirmação de que o rapaz realmente teria cometido o crime veio a partir de um advogado, que também entrou em contato com a DHPP depois da ampla divulgação em busca pelo jovem. Logo que foi identificado, uma equipe policial foi até a casa do rapaz e descobriu ainda que ele não se desfez do canivete usado na ação e o objeto foi apreendido.

Leia mais: Vídeo mostra suspeito de matar adolescente em ônibus

Segundo as investigações, o rapaz não conhecia os adolescentes, mas agiu realmente para evitar que eles furassem a catraca. O suspeito já teria se mostrado revoltado pelas constantes invasões dos jovens nos ônibus. Ele inclusive teria dito aos familiares que um dia queria se tornar político para que, de alguma forma, conseguisse evitar as ações dos fura-catracas.

Nesta quinta-feira (13), a DHPP divulgou imagens que mostram o jovem entrando na estação-tubo onde o crime aconteceu. O vídeo foi registrado por câmeras de segurança e é possível ver com clareza o rosto do suspeito. Em outro momento, ele aparece correndo logo depois de ter esfaqueado os dois adolescentes dentro do ônibus. Ainda de acordo com o apurado pela reportagem, a intenção do suspeito não era a de matar os jovens, mas sim de fazer com que eles saíssem do ônibus por não terem cumprido com suas obrigações.

O crime aconteceu na última sexta-feira (7), depois que Pedro saiu do colégio estadual onde estudava e entrou no biarticulado para ir a um shopping. “Ele pagou a passagem normalmente, mas alguns colegas dele não. Dentro do ônibus havia o rapaz que, ao perceber que alguns jovens entraram sem pagar, reagiu e os impediu”, explicou o delegado Fábio Amaro.

Ao tentar intervir na situação, Pedro discutiu com o rapaz e foi esfaqueado. “O agressor atacou os adolescentes sem outro motivo aparente que não fosse o de impedi-los de acessar o ônibus sem pagar”. Além de Pedro, outro adolescente também se feriu, mas sobreviveu.

Com a ajuda de algumas testemunhas, a DHPP já tinha feito um retrato falado e também havia divulgado primeiras imagens das câmeras de segurança, que mostravam parte da ação e comprovavam que Pedro tinha pagado pela passagem. Conforme a divisão, as informações passadas ao disque-denúncia, pelo telefone 0800-643-1121, foram extremamente importantes para que o caso fosse elucidado.

Além do suspeito do crime, o motorista do biarticulado, que teria aberto a porta para que o jovem saísse correndo, também deve ser ouvido pelos investigadores. Apesar disso, o crime já é considerado elucidado pela equipe policial.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

20 Comentários em "Suspeito de morte em ônibus de Curitiba irá se apresentar à polícia nesta sexta-feira"


Nicolau Ernesto Jubanski
Nicolau Ernesto Jubanski
4 meses 7 dias atrás

demostrar aos nossos políticos nossa honestidade, caráter e valores até mesmo em pequenas coisas como não furar uma fila de banco, sinaleiro, atestado médico sem estar doente…, somente assim nos teremos uma sociedade com mais respeito com uns aos outros, aonde hoje somente vemos isso em outros paí

Nicolau Ernesto Jubanski
Nicolau Ernesto Jubanski
4 meses 7 dias atrás

Não justifica uma pessoa tirar a vida de outra, tudo isso ocorreu devido alunos invadindo o coletivo “fura catraca” isto esta ocorrendo em diversas localidades da cidade, estes mesmos alunos provavelmente no futuro serão nossos professores, advogados, engenheiros, médicos… nos temos que demostrar

andre
andre
4 meses 7 dias atrás

facil identificar ,ele esta com um refrigerante Pepsi e esse tipo de embalagem e de alguma rede bem proximo ali ,que deve ter cameras …

Temer Golpista Sócio Cunha
Temer Golpista Sócio Cunha
4 meses 7 dias atrás

É a banalização da viva. É o discurso dos Bolsonazis que ecoa: “TEM QUE MATAR” prá defender os de “ben”s . E agora? Vão pedir prá matar o matador, seus fascistas?

mario
mario
4 meses 7 dias atrás

Olha a vontade desse demente ser politico, não sabe que tudo é a mesma coisa, (politico e bandido), estão somente nos noticiários policiais, o cara quer ser justiceiro mas não tem noção de nada.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas