enkontra.com
Fechar busca

Segurança

Na madrugada!

Preso é agredido até a morte dentro do 8º Distrito Policial em Curitiba

  • Por Giselle Ulbrich
Foto: Arquivo.

Marcos Gomes dos Santos, 40 anos, que estava preso por furto na carceragem do 8.º Distrito Policial (DP), no Portão, desde o dia 5 de agosto, foi agredido e morto por outros colegas de cela, na madrugada deste sábado (12). A polícia já sabe que são dois os agressores, porém não sabe identificar exatamente quais dos custodiados são responsáveis pelo crime, nem por qual motivo lincharam o colega de cela.

O crime ocorreu por volta das 3h. Por causa da gritaria que se iniciou na carceragem, os policiais civis de plantão solicitaram apoio do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope). E logo que perceberam que havia gente ferida, também já acionaram o Samu. Foi preciso colocar em prática todo um protocolo de segurança, para que os socorristas pudessem entrar na carceragem em segurança e socorrer o ferido. Mas, nada puderam fazer, pois Marcos já estava morto.

A polícia recebeu nomes de dois supostos agressores. Eles foram chamados para interrogatório, mas negaram a autoria do homicídio. Também não foi possível saber por qual motivo vítima e agressores se desentenderam. Havia 50 presos na carceragem, no momento do crime.

O delegado José Vitor Pinhão, titular do 8.º DP, disse que não iria fornecer dados sobre o caso agora. Apenas informou que, como não há autoria de crime definida (apesar do universo limitado de suspeitos), o inquérito foi encaminhado para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O delegado Fábio Amaro, gestor da DHPP, também não se pronunciou sobre o caso. Através de sua assessoria de imprensa, a Polícia Civil disse que a vítima estava com data marcada para ser removida ao Complexo Médico Penal, na próxima terça-feira (15), já que segundo seus familiares, ele apresentava problemas mentais.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

22 Comentários em "Preso é agredido até a morte dentro do 8º Distrito Policial em Curitiba"


Curitibano Sincero
Curitibano Sincero
2 meses 4 dias atrás

Se fosse gente boa, não estava preso! Agora está no colo do capet@!

ESCOBAR
ESCOBAR
2 meses 8 dias atrás

Podemos chamar esses dois de heróis ou bandidos ao ² ?
Por mais ações dessa forma e quem sobreviver matamos.

Mário
Mário
2 meses 8 dias atrás

deem uma faca Paraná cada um e que se matem
O que sobrar vivo e só executar

Mário
Mário
2 meses 9 dias atrás

Dá uma faca para cada um
Que se matem

valdir
valdir
2 meses 9 dias atrás

Pra uma mente ingenua ou ignorante sim, Mas para a democracia (demagoga e hipócrita), infelizmente, não.

Mário
Mário
2 meses 8 dias atrás

A maioria da sua pessoas que possuem pena destes lixos , são pessoas que nunca sofreram com seus atos . São pessoas cinicas ” que não vivem no mundo real”
Em qualquer lugar civilizado deste planeta , sabem separar o bandido do cidadão .
Vá encher o saco lá na América pra ver o que acontece ?

fernando
fernando
2 meses 5 dias atrás

Nos EUA, as pessoas não tem dó de bandido não. Lá eles ficam felizes quando um assassino, estuprador, pedófilo ou outro pegam prisão perpetua ou pena de morte.

Mário
Mário
2 meses 8 dias atrás

Ingenuidade e ignorância e acreditar que estes detentos , não maioria reincidentes, achar que podem ser reintegrados a sua sociedade .
Se está com do , leve para sua casa
E vejamos o que acontece

Cesar
Cesar
2 meses 9 dias atrás

Boa !

valdir
valdir
2 meses 8 dias atrás

Mario, não sou contrário à morte de criminosos, so disse q no nosso regime político, matar bandido na cadeia gera mais problema

Roberson
Roberson
2 meses 9 dias atrás

A justiça deve dar alguns dias a menos na pena desses dois bandidos. Fizeram um favor para sociedade, o objetivo é aplicar a idéia em todo país agora

Cesar
Cesar
2 meses 9 dias atrás

Boa idéia ‘

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas