enkontra.com
Fechar busca

Segurança

Identificada

Mulher achada carbonizada foi vista com vida pela última vez deixando casa noturna

  • Por Giselle Ulbrich

Está identificada a mulher encontrada morta às margens do Rio Miringuava, parcialmente carbonizada, em São José dos Pinhais, no início da tarde de quinta-feira (15). É a cabeleireira Sibele Aparecida Staroi, 34 anos, que trabalhava numa grande rede de salões de beleza em Curitiba. A última vez que ela foi vista com vida foi saindo de uma grande casa noturna sertaneja em Curitiba com um rapaz, na noite de quarta-feira (14).

O corpo de Sibele estava próximo à ponte do Rio Miringuava na Rua Teófilo Negoseki, em São José dos Pinhais. Ela estava nua da cintura para cima. Da cintura para baixo estava com o corpo carbonizado. Quando policiais militares chegaram ao local, o cadáver ainda estava em brasas. Ela tinha sinais de estrangulamento no pescoço e uma fratura no pé esquerdo. Ainda segundo um amigo dela, que não quis se identificar, contatou-se em exame de necropsia no IML que Sibele foi estuprada.

Ela tinha sinais de estrangulamento no pescoço e uma fratura no pé esquerdo. Foto: Reprodução/Facebook.

Ela tinha sinais de estrangulamento no pescoço e uma fratura no pé esquerdo. Foto: Reprodução/Facebook.

Triste

A cabeleireira morava no bairro Barreirinha, em Curitiba. Era mãe de duas meninas e perdeu sua irmã no ano passado, vítima de câncer. Em novembro de 2016, também perdeu o marido, André de Oliveira Branco, que foi assassinado a facadas dentro de um carro, em Almirante Tamandaré.

Segundo o amigo, a cabeleireira foi a uma casa noturna com as amigas, na noite e quinta-feira. Pra não ficar andando de bolsa e celular, deixou tudo no carro de uma das amigas. Na hora de ir embora, as amigas procuraram por ela e não encontraram. Acreditam que ela tenha saído de lá com algum rapaz que conheceu, sem a bolsa e sem o celular.

Depois da morte do marido, diz o amigo, Sibele teve um namorado, que levou para morar com ela e até carro deu a ele. Mas terminou o namoro cerca de uma semana antes de sair com as amigas, na quarta-feira. Os amigos e familiares não acreditam em assalto. Várias possibilidades estão sendo cogitadas pelos amigos. Pode haver relação com o assassinato do marido, com o fim do namoro recente ou que tenha sido algo de momento, relacionado ao rapaz com quem ela saiu da casa noturna.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

27 Comentários em "Mulher achada carbonizada foi vista com vida pela última vez deixando casa noturna"


Marcio Moleta
Marcio Moleta
4 meses 1 dia atrás

rapaz esse pessoal do paraná não gosta de mulher não !!

lins
lins
4 meses 1 dia atrás

Tem muitos dizendo que a culpa é dela. Se fosse um homem com filhos ninguem falaria nada. Mas a cumtura do estupro sempre culpa a mulher.

Magda Allet
Magda Allet
4 meses 3 dias atrás

Ela era uma querida que pena..

Paulo Cesar
Paulo Cesar
4 meses 4 dias atrás

Isso só acontece com gente que não tem o mínimo cuidado, ou seja, o pais devem ter dito para ela nunca sair com gente desconhecida, mas como nunca deu ouvidos acabou do jeito que acabou. Só acontece isso com gente que não se cuida.

João
João
4 meses 4 dias atrás

Não interessa se a moça era viúva, se estava na balada, se conheceu alguém e saiu de lá acompanhada, era um ser humano procurou apenas diversão ninguém tem o direito de tirar a vida de mulher nem uma por motivo nem um. Só pode ser um bando de boiolas que fingem ser chegados atraem e as matam.

Jonathan
Jonathan
4 meses 4 dias atrás

Com certeza, torço pra que as forças competentes sejam rápidas na resolução pois é mais um lunático a solta, isso é pânico p/segurança de pública, deprimente seres assim, desrespeito pela vida.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas