enkontra.com
Fechar busca

Segurança

Balanço

Cai o número de roubos a ônibus em Curitiba nos primeiros meses de 2017

  • Por Redação
Guarda Municipal e Urbs fazem um trabalho integrado para coibir a ação dos bandidos. Foto:Divulgação/ SMCS
Guarda Municipal e Urbs fazem um trabalho integrado para coibir a ação dos bandidos. Foto:Divulgação/ SMCS

Uma boa notícia para quem trabalha ou utiliza o transporte coletivo na capital paranaense. De acordo com dados divulgados pela Urbanização de Curitiba S/A (Urbs), empresa responsável pelo sistema de transporte público da cidade, o número de roubos no transporte coletivo de Curitiba teve redução de 22% no primeiro quadrimestre de 2017, em comparação ao mesmo período do ano passado.

No levantamento são considerados os casos registrados por meio de Boletim de Ocorrência pelos funcionários das empresas de transporte coletivo que operam as linhas urbanas da capital.

De janeiro a abril de 2016 foram relatados 883 casos de assaltos no sistema de transporte. No mesmo período deste ano 685 foram registrados, uma média de 5,71 casos por dia.

A maior queda foi em abril, com 50%. “Para nós está claro que esse resultado é direto do trabalho da Patrulha do Transporte, lançada pela Defesa Social em fevereiro passado conforme determinação do prefeito Rafael Greca”, disse o presidente da Urbs, José Antonio Andreguetto.

A Urbs e a Guarda Municipal fazem um trabalho integrado. Para colaborar com as ações da Patrulha do Transporte, a Urbs faz o mapeamento dos pontos mais visados, os dias e horários com maior incidência de roubos e assaltos e repassa.

Neste período de funcionamento da Patrulha do Transporte Coletivo, a Guarda Municipal atendeu a 400 ocorrências e prendeu em flagrante 80% dos casos. “Aumentou a presença da Guarda Municipal nos ônibus para melhorar a segurança das pessoas e dos bens públicos e os resultados já começaram a aparecer” afirmou o secretário da Defesa Social, Algacir Mikalovski.

O trabalho da Patrulha do Transporte Coletivo vai desde abordagens, blitizes e guardas à paisana dentro dos ônibus. “Estamos trabalhando de forma preventiva, ostensiva e repressiva”, disse o diretor da Guarda Municipal, inspetor Odgar Nunes Cardoso.
O número de ocorrências atendidas pela Guarda Municipal no sistema de transporte aumentou em 5%, com abordagem muito mais rápida e eficiente, aumentando as prisões em flagrante de vandalismo e as invasões de “fura-catraca.”

Assalto

Nesta segunda-feira (22), a Guarda Municipal recebeu denúncia de assaltos na estação-tubo CIC Norte. Dois homens foram surpreendidos pela ação dos guardas. Os dois tentaram fugir e um deles foi preso no local. O segundo, menor, foi detido na sequência pela guarda com o apoio da Polícia Militar. Esta seria a terceira vez que a dupla roubaria o mesmo local. Ambos foram levados para o 11º DP.

A população pode colaborar com o trabalho fazendo denúncias pelo telefone 153 da Guarda Municipal.

Comparativo de roubos e assaltos no transporte coletivo de Curitiba

2016
Janeiro: 188
Fevereiro: 251
Março: 177
Abril: 267
Total: 883
Média/dia: 7,30

2017
Janeiro: 189
Fevereiro: 164
Março: 199
Abril: 133
Total: 685
Média/dia: 5,71

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

2 Comentários em "Cai o número de roubos a ônibus em Curitiba nos primeiros meses de 2017"


o meu paraná é alvinegro
o meu paraná é alvinegro
4 meses 1 dia atrás

caiu porque eles agora estão roubando celulares que da mais lucro

A Gabardo
A Gabardo
4 meses 1 dia atrás

Caiu o roubo porque muita gente optou por outro meio e transporte..

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas