enkontra.com
Fechar busca

Política

Curitiba

Vereador de Curitiba propõe que nomes de rua tenham relação com história dos bairros

  • Por João Frey
Foto: Divulgação.

É improvável que o compositor alemão Johann Sebastian Bach, que viveu na Europa entre os séculos XVII e XVIII tenha tido alguma relação com o bairro Vista Alegre, em Curitiba, onde dá nome a uma rua. Na visão do vereador Mauro Ignácio (PSB), este tipo de situação não deveria ocorrer. Em um projeto apresentado à Câmara Municipal, o parlamentar propõe que as denominações devem guardar “primeiramente e preferencialmente, as tradições locais e lembrar figuras, fatos e datas representativas da história local”.

“Dar nome a ruas e praças precisa ser uma homenagem às pessoas daquela localidade, não a um desconhecido. Hoje, geralmente se coloca um nome estranho, que as pessoas não se identificam”, argumenta o vereador.

Segundo ele, essa exigência faria com que as pessoas tivessem mais identificação com os logradouros públicos e, portanto, cuidassem com mais carinho de suas ruas e praças.

Para garantir a representatividade do homenageado na comunidade, Mauro Ignácio sugere que seja feito um abaixo-assinado pela população. As assinaturas seriam enviadas ao vereador propositor da denominação como sinal de apoio e aprovação dos moradores ao nome escolhido.

Segundo a justificativa do projeto de lei, os bairros de Curitiba são ricos em famílias que deram importante contribuição para o desenvolvimento local.

“Nada mais justo que a estes desbravadores, com profunda identificação com o local, seja dada a preferência, quando da denominação de um bem público em suas localidades”, diz o texto.

Atualmente a denominação de logradouros públicos obedece a regras, descritas em uma lei municipal. A norma diz que o nome não pode ser longo, repetido, pertencer à pessoa viva, proíbe fatos históricos acontecidos há menos de 25 anos, veda acontecimentos “incompatíveis com o espírito de fraternidade universal”, proíbe pessoas jurídicas e que um mesmo lugar tenha dois nomes oficiais.

Reapresentação

Mauro Ignácio já tinha apresentado a mesma proposta em junho 2014. Ela começou a tramitar e obteve parecer favorável das comissões de Legislação e Educação em apenas quatro meses. Entretanto, a iniciativa não foi incluída na pauta do plenário, por isso foi arquivado por conta do fim da legislatura e reapresentado pelo vereador.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

37 Comentários em "Vereador de Curitiba propõe que nomes de rua tenham relação com história dos bairros"


EL PODEROSO TORNADO!...
EL PODEROSO TORNADO!...
7 meses 16 dias atrás

Uma coisa falo, aqui entre os que comentam, garanto que muitos nunca sequer plantaram uma árvore, ou ajudaram uma família carente, ou lutaram contra prefeitura para melhorar seu bairro, rua, etc. Então se temos que valorizar, que valorizemos aqueles que lutam aqui por melhorias e não os acomodados.

josnei placar
josnei placar
7 meses 16 dias atrás

nao tem o que fazer, quem te elegeu deve estar arrependido.

CARLOS
CARLOS
7 meses 16 dias atrás

O sr. poderia arrumar alguma coisa pra fazer, não é mesmo!

Vinicius
Vinicius
7 meses 17 dias atrás

Rua do Moro.

Antonio .
Antonio .
7 meses 17 dias atrás

Onde se concentra o maior número de viciados, traficantes, mendigos, etc?
Resposta fácil: Na praça em frente a câmara municipal, depois de vender o bagulho, fazer uns assaltos e pedir esmolas, vão na FAS onde é servido um cafezinho, pouso, banho quente, etc.

1 2 3 6
wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas