enkontra.com
Fechar busca

Paraná

Estudo com professores da educação especial

75% dos profissionais consideram capacitação insuficiente

  • Por Mara Andrich

Um estudo feito pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE) apontou que 75% de 1.623 professores da educação especial do Estado consideram a capacitação que recebem insuficiente para atuar na inclusão destes estudantes.

63,6% apontaram a falta de material didático como um dos principais desmotivadores, além da superlotação das salas de aula, item citado por 56,3% dos professores consultados no estudo.

O TCE realiza pesquisas deste tipo em diversas áreas com o intuito de auxiliar nas auditorias das contas públicas, o que também é feito pelo órgão. “A ideia é verificar não somente se os gastos estão corretos, mas também ver se estes gastos resultam em qualidade”, explicou o conselheiro do TCE e relator das contas de 2009 do Paraná, Fernando Augusto Guimarães.

Para ele, o que mais chamou a atenção no estudo referente ao ensino especial foi a falta de capacitação dos docentes e a dificuldade dos alunos que não possuem deficiências de aceitar o colega especial.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas