enkontra.com
Fechar busca

Paraná

Operação em Matinhos

Envolvidos com o tráfico, porte de armas e homicídio estão na mira do Cope

Mais de cinquenta policiais participam da ação em residências de pessoas envolvidas em vários crimes patrimoniais, tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo, além de homicídio.

  • Por Redação

Seis pessoas foram encaminhadas a delegacia numa operação que procurava traficantes de drogas no litoral do Paraná, nesta quinta-feira (8). A ação começou no final da madrugada para cumprir 22 mandados judiciais expedidos depois de uma investigação que começou a partir de denúncias da população. Além de drogas, armas e munições, alguns pássaros silvestres também foram encontrados nas casas investigadas.

O trabalho de investigação começou há dois meses e, segundo o delegado Rodrigo Brown, do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), começou depois de várias denúncias da população. “Eram residências que foram apontadas como pontos de tráfico de drogas e que conseguimos confirmar com um trabalho de investigação. Pedimos os mandados à Vara Criminal de Matinhos e conseguimos”, destacou.

Com o apoio da Polícia Militar (PM), as equipes vasculharam endereços em Matinhos e em alguns balneários próximos. “Conseguimos encontrar uma variedade grande de drogas, até mesmo sintéticas, como ecstasy, LSD e MDma, uma droga muito usada em baladas. Mas nosso objetivo não era o de encontrar uma quantidade grande de droga, mas sim o de buscar novos vestígios que nos permitam dar continuidade às investigações”.

Além das drogas sintéticas, os policiais também apreenderam maconha, buchas de cocaína e dinheiro. Dos encaminhados à delegacia, três deles foram presos em flagrante, um deles porque estava com um revólver calibre 38 importado, outro por conta da quantidade de droga encontrada com ele e um terceiro por estar com munições e drogas.

Segundo o delegado, a forma em que a venda de droga acontece no litoral é diferente do que na capital, por exemplo. “As drogas são vendidas em pequenas porções e em diferentes lugares. Os traficantes mudam o endereço facilmente, não ficam sempre no mesmo ponto, por exemplo, isso dificulta, mas pouco a pouco vamos encontrando e por isso vamos continuar a atuar no litoral do Paraná não só na época de temporada de verão”, explicou Rodrigo Brown.

Além dos três presos, outras três pessoas foram encaminhadas à delegacia, mas não ficaram detidas. Uma destas pessoas estava com uma pequena quantidade de drogas, outra também portava drogas e estava com pássaros silvestres e a terceira pessoa se complicou apenas por estar com os pássaros em casa. Os três assinaram um termo circunstanciado e foram liberados, mas respondem judicialmente.

Casal suspeito de fazer receptação de celulares furtados é preso na Grande Curitiba

 

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas