enkontra.com
Fechar busca

Mundo

Manifestantes ocupam praça na capital do Bahrein

Milhares de manifestantes lotam a principal praça da capital do Bahrein, no segundo dia de protestos contra o governo. Hoje, forças de segurança mataram um manifestante xiita nas proximidades de um hospital em Manama, onde o corpo de um outro manifestante morto no dia anterior era mantido, disse um membro da oposição à agência France Presse.

Ontem, aconteceram os primeiros grandes protestos no Bahrein contra a monarquia. A maioria da população, muçulmana xiita (70%), se sente discriminada pela minoria sunita que governa o pequeno país. As autoridades prometeram reduzir os controles do Estado sobre os meios de comunicação e o rei Hamad bin Isa Al Khalifa concedeu a cada família do país o equivalente a US$ 2.700.

O rei lamentou hoje, durante discurso na televisão, as mortes de dois manifestantes xiitas em confrontos com a polícia. Segundo o monarca, haverá uma investigação oficial sobre os casos. Já o principal bloco de oposição xiita, a Associação Nacional Acordo Islâmico, afirmou que estava congelando sua participação no Parlamento, por causa do “brutal” uso da força pelo regime. O bloco tem 18 cadeiras no Parlamento, que conta com 40 membros.

Iêmen

No Iêmen, milhares de pessoas protestam pelo quarto dia consecutivo, pedindo reformas políticas e o fim do governo do presidente Ali Abdullah Saleh. A rede de televisão do Catar afirma que cerca de 3 mil pessoas protestam na capital iemenita, Sanaa. Houve confrontos com a polícia e pelo menos três pessoas estão feridas, segundo a Al Jazeera. Na cidade de Taaz, no sul do país, pelo menos 12 pessoas se feriram em confrontos com as forças de segurança, que usou gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes. As informações são da Dow Jones.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas