Fechar busca

Curitiba e Região

Faltam 6

Torcedor que participou da selvageria perto do Couto Pereira se entrega à polícia

Rodrigo de Oliveira Araújo se apresentou na Demafe, acompanhado de um advogado. João Carlos de Paula, outro torcedor envolvido na confusão, foi preso dentro do estádio, durante o jogo

  • Por Raquel Derevecki
Foto: Reprodução

Depois da prisão de um torcedor coxa-branca dentro do Estádio Couto Pereira na manhã de domingo (18), outro rapaz se apresentou à Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (Demafe), confessando sua participação na pancadaria registrada horas antes da partida entre Coritiba e Corinthians.

Leia mais

Segundo o delegado Clóvis Galvão, o rapaz tem 24 anos e foi interrogado por volta das 14h desta segunda-feira (19) na presença de seu advogado. “Rodrigo de Oliveira Araújo afirmou que participou das agressões e assumiu sua responsabilidade penal. Então, vai responder por tentativa de homicídio”, disse. No entanto, como ainda não há um mandado de prisão para o rapaz, ele foi liberado e aguarda a decisão do juiz.

Já o torcedor João Carlos de Paula, 24, foi preso em flagrante momentos após a as agressões enquanto assistia ao jogo com a torcida da Império Alviverde. Ele também é suspeito de espancar um torcedor do Corinthians e permanece à disposição da Justiça respondendo por tentativa de homicídio.

Outros seis envolvidos ainda são procurados pela polícia e informações a respeito deles podem ser passadas à Demafe pelo telefone (41) 3326-3600 ou pessoalmente na Rua Martim Afonso, 280, esquina com a Visconde de Nacar, bairro São Francisco.

A pancadaria

A briga foi registrada por volta das 8h30 da manhã de domingo (18) na travessa da Rua Barão de Guaraúna com a Rua Mauá, ao redor do Estádio Couto Pereira, no momento em que três ônibus da torcida visitante pararam na região. De acordo com o delegado Clóvis, os torcedores desceram em frente à Império e estavam voltando para o interior dos coletivos, quando um deles foi puxado da porta pelos coxas-brancas e agredido.

Segundo a Polícia Militar, cinco homens entre 24 e 44 anos de idade foram encaminhados em estado grave para os Hospitais Cajuru e Trabalhador, enquanto duas vítimas de 26 e 43 anos recusaram atendimento. No entanto, apenas um deles registrou boletim de ocorrência na delegacia.

Assista o vídeo da confusão

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

7 Comentários em "Torcedor que participou da selvageria perto do Couto Pereira se entrega à polícia"


Rubão
Rubão
8 dias 18 horas atrás

A mídia tem que graduar o sujeito que participa de uma selvageria desta com o adjetivo correto de ,, BANDIDOS , DELINQUENTES QUE SE CAMUFLAM NUMA ALA DE “TORCEDORES” PARA PRATICAR CRIMES BARBAROS!!ESFACELAR O CRÂNIO DO PROXIMO! ELES VÃO PRA MATAR O SEUS ADVERSÁRIOS DE UMA PARTIDA DE FUTEBOL!!

coxa sempre! piada
coxa sempre! piada
8 dias 20 horas atrás

Esse só pode ter se entregado porque o clube deve ter pago pro cara! Torcida que recebe pra ficar calada!

Verdão Campeão
Verdão Campeão
9 dias 5 horas atrás

Tem que acabar com as facções criminosas que se intitulam de torcidas organizadas pra acabar com a violência nos estádios

André G
André G
9 dias 5 horas atrás

Sempre a mesma ladainha…

Joao
Joao
9 dias 8 horas atrás

Qtos marginais d sp vão prender?

wellington sou coringão
wellington sou coringão
9 dias 5 horas atrás

nenhum,pois nenhum corinthiano cometeu covardia

Kew _
Kew _
9 dias 10 horas atrás

Se f…

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas