enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Faltam 6

Torcedor que participou da selvageria perto do Couto Pereira se entrega à polícia

Rodrigo de Oliveira Araújo se apresentou na Demafe, acompanhado de um advogado. João Carlos de Paula, outro torcedor envolvido na confusão, foi preso dentro do estádio, durante o jogo

  • Por Raquel Derevecki
Foto: Reprodução

Depois da prisão de um torcedor coxa-branca dentro do Estádio Couto Pereira na manhã de domingo (18), outro rapaz se apresentou à Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (Demafe), confessando sua participação na pancadaria registrada horas antes da partida entre Coritiba e Corinthians.

Leia mais

Segundo o delegado Clóvis Galvão, o rapaz tem 24 anos e foi interrogado por volta das 14h desta segunda-feira (19) na presença de seu advogado. “Rodrigo de Oliveira Araújo afirmou que participou das agressões e assumiu sua responsabilidade penal. Então, vai responder por tentativa de homicídio”, disse. No entanto, como ainda não há um mandado de prisão para o rapaz, ele foi liberado e aguarda a decisão do juiz.

Já o torcedor João Carlos de Paula, 24, foi preso em flagrante momentos após a as agressões enquanto assistia ao jogo com a torcida da Império Alviverde. Ele também é suspeito de espancar um torcedor do Corinthians e permanece à disposição da Justiça respondendo por tentativa de homicídio.

Outros seis envolvidos ainda são procurados pela polícia e informações a respeito deles podem ser passadas à Demafe pelo telefone (41) 3326-3600 ou pessoalmente na Rua Martim Afonso, 280, esquina com a Visconde de Nacar, bairro São Francisco.

A pancadaria

A briga foi registrada por volta das 8h30 da manhã de domingo (18) na travessa da Rua Barão de Guaraúna com a Rua Mauá, ao redor do Estádio Couto Pereira, no momento em que três ônibus da torcida visitante pararam na região. De acordo com o delegado Clóvis, os torcedores desceram em frente à Império e estavam voltando para o interior dos coletivos, quando um deles foi puxado da porta pelos coxas-brancas e agredido.

Segundo a Polícia Militar, cinco homens entre 24 e 44 anos de idade foram encaminhados em estado grave para os Hospitais Cajuru e Trabalhador, enquanto duas vítimas de 26 e 43 anos recusaram atendimento. No entanto, apenas um deles registrou boletim de ocorrência na delegacia.

Assista o vídeo da confusão

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

7 Comentários em "Torcedor que participou da selvageria perto do Couto Pereira se entrega à polícia"


Rubão
Rubão
11 meses 30 dias atrás

A mídia tem que graduar o sujeito que participa de uma selvageria desta com o adjetivo correto de ,, BANDIDOS , DELINQUENTES QUE SE CAMUFLAM NUMA ALA DE “TORCEDORES” PARA PRATICAR CRIMES BARBAROS!!ESFACELAR O CRÂNIO DO PROXIMO! ELES VÃO PRA MATAR O SEUS ADVERSÁRIOS DE UMA PARTIDA DE FUTEBOL!!

coxa sempre! piada
coxa sempre! piada
11 meses 30 dias atrás

Esse só pode ter se entregado porque o clube deve ter pago pro cara! Torcida que recebe pra ficar calada!

Linco Xei
Linco Xei
11 meses 30 dias atrás

Tem que acabar com as facções criminosas que se intitulam de torcidas organizadas pra acabar com a violência nos estádios

A Gabardo
A Gabardo
11 meses 30 dias atrás

Sempre a mesma ladainha…

Joao
Joao
11 meses 30 dias atrás

Qtos marginais d sp vão prender?

o meu paraná é alvinegro
o meu paraná é alvinegro
11 meses 30 dias atrás

nenhum,pois nenhum corinthiano cometeu covardia

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas