enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Apressadinho?

Câmara Municipal e Congresso podem alterar regulamentação do Uber, admite Greca

  • Por João Frey - Gazeta do Povo
Foto: Gazeta do Povo

Em um texto postado em suas redes sociais um dia depois da publicação do decreto que regulamenta o funcionamento de serviços como Uber e Cabify, o prefeito Rafael Greca (PMN), admitiu que a norma pode sofrer alterações caso a Câmara Municipal ou o Congresso Nacional aprovem projetos de lei sobre o tema. Tanto no Legislativo municipal como federal tramitam propostas para regulamentação do transporte individual e remunerado de passageiros.

“Esse é o primeiro passo para regulamentar uma tecnologia inovadora que chega para participar do mercado de mobilidade urbana. Como a discussão acontece em várias instâncias, se os processos que tramitam no Congresso Nacional e na Câmara Municipal aperfeiçoarem o decreto, faremos as mudanças necessárias”, afirmou o prefeito.

A proposta que tramita na Câmara Municipal, de autoria de seis vereadores, foi apresentada no começo de abril e, neste momento, aguarda parecer na Comissão de Legislação, Justiça e Redação. Há muitas similaridades entre o texto proposto e o decreto publicado, mas ainda há possibilidade de o projeto ser emendado, de modo a torna-lo incompatível com o decreto municipal. Caso isso ocorra, ou o prefeito terá que vetar trechos da lei ou adequar o decreto à nova norma.

Ainda em sua publicação, Rafael Greca afirmou que a cidade disciplina um serviço que tem gerado muitos postos de trabalho na cidade.

“A Cidade de Curitiba regulamenta as novas alternativas de transporte com aplicativo – sem abrir mão das soluções tradicionais de mobilidade como táxi e transporte coletivo. Disciplinamos um serviço empresarial que emprega milhares de pessoas”, escreveu.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

5 Comentários em "Câmara Municipal e Congresso podem alterar regulamentação do Uber, admite Greca"


Emerson Luis
Emerson Luis
4 meses 21 dias atrás

O táxi so paga. Paga outorga para Prefeitura. Paga taxa gerencial para fazer vistoria duas vezes ao ano. Paga sindicato. Paga INSS. Paga vistoria de GNV. Paga central de radio taxi, para tentar ter mais corridas. Paga aplicativos, tambem para tentar ter mais corridas. Paga, paga, paga, etc. E o uber

País dos Politicos Corruptos
País dos Politicos Corruptos
4 meses 21 dias atrás

Nada mais justo para nós usuários, ter opção de escolha, já os taxistas devem se preocupar em baixar as taxas abusivas da prefeitura e lutar para acabar com a máfia das licenças, que estão cedidas pela prefeitura para pequenos grupos, os quais exploram o taxistas que realmente trabalham.

Vinicius
Vinicius
4 meses 21 dias atrás

Código para novos usuários cadastre-se e ganhe desconto em corridas no uber e cabify,
UBER wjtq9mn2ue (ganha desconto em duas corridas)
CABIFY: VINICIUSL370 (15 reais de crédito)
obrigado e boas viagens.

Marcos
Marcos
4 meses 22 dias atrás

Essa “Tecnologia inovadora” (táxi via app) já éra utilizada pelos taxis desde 2012.

Agora, um número infinito de condutores amadores farão o quê com a mobilidade urbana?

Marcos
Marcos
4 meses 22 dias atrás

As famílias dos taxistas estão sofrendo muito com a falta de ética e o decreto pode complicar ainda mais.
Jamais esqueceremos

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas