Fechar busca

Paraná Clube

Paraná Clube

Paraná Clube

Sensacional!

Paraná Clube brilha em Salvador e está perto das oitavas da Copa do Brasil

Paraná Clube fez ótimo jogo, mostrou maturidade e emocionou com o primeiro gol de Guilherme Biteco

  • Por Cristian Toledo
Robson sobe e Patric observa. Foi o Paraná quem voou na noite de Salvador. Foto: Margarida Neide/Estadão Conteúdo

Uma noite de redenção e emoção. Quatro dias depois da sofrida eliminação no Campeonato Paranaense, o Paraná Clube teve uma atuação heroica, venceu o time de melhor aproveitamento no futebol brasileiro fora de casa e deu um passo gigantesco para a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil. Em Salvador, nesta quinta-feira, o triunfo de 2×0 sobre o Vitória mostrou um Tricolor mais maduro do que nunca. E ainda teve o emocionante primeiro gol de Guilherme Biteco com a camisa paranista.

O Paraná começou o jogo acuado. Mesmo com uma proposta anunciada de jogo ofensivo e com três atacantes (Robson, Nathan e Pedro Bortoluzo) atuando à frente de Renatinho, o Tricolor estava preso diante da pressão do Vitória. Mesmo sem contar com grande apoio nas arquibancadas, o Leão partiu pra cima, marcando a saída de bola e empurrando todo o time para o ataque. Até demorou para que Léo passasse por apertos, como no chute de Willian aos 15 minutos e na cabeçada de André Lima no lance seguinte.

O problema principal do Tricolor era a falta de controle da posse de bola. Deixando o Vitória controlar o jogo, os visitantes sofriam. “Não estamos jogando, estamos perdendo todas”, berrava o técnico Wagner Lopes, no áudio captado pela transmissão do SporTV. Não adiantava. Aos 22, Cleiton Xavier arriscou sem ângulo e Léo precisou se virar para salvar o Paraná. O primeiro chute a gol paranista veio só depois, com Leandro Vilela, que após a jogada sentiu a perna e foi substituído por Jhony.

Sem conseguir se aproximar do gol do Vitória, o Paraná passou a arriscar de média distância. Foi assim que Robson conseguiu a melhor finalização até então, aos 41 minutos. Já era um momento de maior equilíbrio, sem maiores sustos e com mais segurança na marcação. E a evolução tricolor se comprovou com o gol aos 48 minutos. Após Léo fazer duas ótimas defesas, Nathan puxou o contra-ataque e ganhou o escanteio. Renatinho cobrou e Aírton desviou para abrir o placar.

Já na volta do segundo tempo, os baianos voltaram com a velocidade de Pineda no lugar do talento de Cleiton Xavier. A resposta de Wagner Lopes foi tirar Pedro Bortoluzo, que não tinha aparecido no jogo, para colocar Diego Tavares. O Tricolor esperava uma oportunidade de contra-ataque, enquanto via os donos da casa claramente sentindo a pressão pelo resultado. A entrada de Johny deixou o time mais forte na marcação, e a de Tavares ajustou o espaço entre o meio-campo e o ataque.

Desgastado, Renatinho foi o próximo a sair, para a entrada de Guilherme Biteco. Já era um momento em que o Vitória partia para a pressão, inclusive com a entrada de Paulinho no lugar do volante Bruno Ramires. Aos 33 minutos, David chutou, a bola desviou em Eduardo Brock e levou muito perigo. Era o momento do Paraná Clube voltar a mostrar a dedicação total que marca esse grupo desde o primeiro jogo do ano, mesmo após o desgaste da partida do último domingo (9) com o Atlético pelo Campeonato Paranaense.

E como prêmio, um gol esperado e emocionante. Aos 43 minutos, Diego Tavares ganhou a jogada e cruzou para Biteco, que tocou para a rede. O jovem meia saiu chorando, tirou a camisa, que mostrava o irmão Matheus, morto no trágico acidente do voo da Chapecoense. Quem estava em campo e quem via pela TV chorou com ele.

Se na vida há dores que não passam, no futebol não há nada como um dia depois do outro. E o Tricolor mostrou rapidamente que passou por cima da tristeza e que ainda pode dar muita alegria ao seu torcedor.

Ficha técnica

COPA DO BRASIL
Quarta Fase – Jogo de ida

VITÓRIA 0x2 PARANÁ CLUBE

Vitória
Fernando Miguel; Patric, Kanu, Alan Costa e Euller; Willian Farias, Bruno Ramires (Paulinho), Cleiton Xavier (Pineda) e Gabriel Xavier (Jhemerson); David e André Lima.
Técnico: Argel Fucks

Paraná Clube
Léo; Júnior, Airton, Brock e Rayan; Gabriel Dias, Leandro Vilela (Jhony) e Renatinho (Guilherme Biteco); Nathan, Robson e Pedro Bortoluzo (Diego Tavares).
Técnico: Wagner Lopes

Local: Barradão (Salvador-BA)
Árbitro: Wagner Reway (Fifa-MT)
Assistentes: Fabio Rodrigo Rubinho (MT) e Marcelo Grando (MT)
Gols: Aírton 48 do 1º e Guilherme 43 do 2º
Cartões amarelos: Rayan, Nathan, Guilherme Biteco (PR)
Cartão vermelho: Paulinho
Renda: R$ 130.869,00
Público total: 9.624

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

118 Comentários em "Paraná Clube brilha em Salvador e está perto das oitavas da Copa do Brasil"


coxa branca
coxa branca
9 dias 4 horas atrás

boa paranito , estou torcendo por voce de repente até ser campeão desse torneio que é direcionado para os grandes serem campeões tanto pela cbf, juizes, patrocinadores, etc, que não economizam esforços pra beneficiar os grandes que na verdade só tem de grandes o patrocinio de traficantes

João
João
10 dias 2 horas atrás

“Dê o trinador” pra quem você quiser, seu poodle cor de rosa. E viva o Paraná Clube! Que venceu o time brasileiro de melhor desempenho em 2017.

Doutrinador
Doutrinador
10 dias 22 horas atrás

Tem que ter a fuleiragem comedora de mortadela. Esse ponto queimado, que nunca dará certo. Parabéns Pananada , pelos 10 anos consecutivos de série B.

AVALIADOR
AVALIADOR
10 dias 20 horas atrás

oHHHH FUMERO, CAI FORA DAQUI VICIADO

Renato da Costa
Renato da Costa
10 dias 22 horas atrás

Coxinhas? O ASA manda abraços viu? aaaaaaa que pena…não podem jogar contra o Vitória…estão fora ts ts ts ts. Mas tem o super Ruralzão viu? Manda ver..invista tudo o que puder pra ganhar os 400 mil reais viu? vai com calma porque o Cianorte é poderoso.

Fernando
Fernando
10 dias 22 horas atrás

Caloteiros oh oh, caloteiros oh oh, caloteiros, os Poodles são caloteirossss

CFC Maior do PR
CFC Maior do PR
10 dias 23 horas atrás

Esse ano não acaba esse time, só não da pra dizer o mesmo dos patrimônios.

AVALIADOR
AVALIADOR
10 dias 20 horas atrás

Vai dar uma olhada na pagina do teu timeco, sem ibope,poucos comentários porque sera heim?

Andre
Andre
10 dias 23 horas atrás

E as canelas ficam loucas no canil…. who let the dogs out?

Corisco
Corisco
11 dias 29 minutos atrás

Observei que todos os comentários dos torcedores do PRC são contra o CAP. Ao invés de enaltecerem a vitória de seu time, ficam demonstrando mágoa pela desclassificação e ficam destilando veneno contra o MAIOR DO ESTADO. Só não vão amarelar de nova na partida da volta. Saudações RUBRO NEGRA.

É Tricolor !!!!
É Tricolor !!!!
10 dias 22 horas atrás

Como é que pode, uma MÁQUINA DE JOGAR FUTEBOL ,ser desclassificado por um timeco ( flamenguinho das Araucárias ). Futebol é assim mesmo .Ainda existe o Sobrenatural de Almeida.

AVALIADOR
AVALIADOR
10 dias 23 horas atrás

CUARISCO Vai procurar a carrocinha que você caiu.

Willian
Willian
11 dias 56 minutos atrás

Injusto ? Jogo e jogo Raul não adianta ganhar ganhar e na hora de decedir afroxa uma coisa concordo com você pq tá sendo mais difícil jogar com o paranito doq com o coxa kkkkk ano passado foi exemplo disso 5 a 0 no coxa e contra o Paraná foi nos pênaltis foi mais difícil a semi do que a final !

Raul Raichl
Raul Raichl
11 dias 1 hora atrás

Apesar de não ser paranista, admiro o futebol que esta equipe vem jogando, demonstrando ser injusta sua eliminação do CP. Vida que segue… no futebol é assim, nada como um dia após o outro. Parabéns Paranito!

1 2 3 5
wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas