Fechar busca

Paraná Clube

Paraná Clube

Paraná Clube

Pancada!

Ex-jogador do Paraná Clube morre em grave acidente no Pinheirinho

O acidente aconteceu na madrugada desta segunda-feira (12), no Pinheirinho. Um amigo dele, que estava no banco ao lado, teve ferimentos leves

  • Por Lucas Sarzi, Redação
Jonas Pessalli morreu em um acidente de trânsito em Curitiba. Foto: Albari Rosa.
Jonas Pessalli morreu em um acidente de trânsito em Curitiba. Foto: Albari Rosa.

O ex-jogador do Paraná Clube, Jonas Henrique Pessalli, 26 anos, morreu num acidente de trânsito na madrugada desta segunda-feira (12), na Rua André Ferreira Barbosa (via rápida), no Pinheirinho, em Curitiba. Um amigo dele, que estava no banco ao lado, teve ferimentos leves.

O acidente aconteceu por volta das 3h30. Jonas voltava de uma festa de aniversário com o amigo, quando perdeu o controle em uma curva e percorreu cerca de cem metros até atingir o poste.

Os bombeiros chegaram rapidamente, mas não puderam salvar a vida do rapaz, que estava preso às ferragens do carro. Com o impacto, o poste chegou a se quebrar e foi arrancado do chão. O Audi A5 do jogador ficou completamente destruído e quase que se partiu ao meio. O lado esquerdo, justamente onde Jonas estava, foi a parte do carro que mais foi atingida.

O amigo do jogador foi encaminhado ao hospital, recebeu atendimento e passa bem. Ele foi ouvido previamente pela Polícia Civil, mas ainda não de forma oficial. O rapaz se comprometeu a, depois do velório e do enterro do jogador, ajudar nas investigações.

Foto: Aniele Nascimento.

Audi A5 do jogador quase se partiu ao meio. Foto: Aniele Nascimento

Investigações

O delegado Vinícius Augustus de Carvalho, da Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran), informou que o inquérito foi instaurado e, ao que tudo indica, Jonas se perdeu sozinho na direção. “Em uma conversa com o passageiro, ao que ele disse, realmente o jogador se perdeu com o carro e bateu sozinho”, adiantou.

Neste caso, como não houve nenhum outro veículo envolvido, a polícia quer apenas saber o que aconteceu. “Como não houve nenhum elemento externo que provocou a colisão, vamos buscar descobrir se foi sonolência, se um descuido ou até mesmo embriaguez. Se ele estava ou não alcoolizado, o laudo de necropsia vai apontar”.

Foto: Giuliano Gomes.

Foto: Giuliano Gomes.

A Dedetran deve ouvir o passageiro, outras possíveis testemunhas e buscar por imagens de câmeras de segurança. “Após isso, vamos encaminhar o material para o Ministério Público do Paraná (MP-PR) e, como não houve nenhum outro envolvido, provavelmente o caso vai ser arquivado”, explicou o delegado.

Histórico no esporte

Jonas Henrique estava terminando sua estada em Curitiba. Ele foi contratado em janeiro pelo Paraná Clube e tinha sido liberado após a eliminação do Tricolor na Copa do Brasil. Apesar de ter sido trazido para ser titular, atuou em apenas oito partidas – três pelo Campeonato Paranaense, três pela Copa do Brasil e duas pela Primeira Liga (nesta competição, ele marcou um gol).

O jogador começou a carreira nas categorias de base do Grêmio. Passou em 2012 pelo Grêmio Barueri e depois ficou cinco temporadas fora do País – a maior parte do tempo na França, e uma rápida passagem pelo Azerbaijão. Voltou ao Brasil prometendo usar no Paraná Clube o conhecimento que adquirira na Europa.

“O grande diferencial, na Europa, é que lá existe a preocupação de formar o atleta, ampliando horizontes e conhecimento. Há uma preocupação muito grande com o estudo e aproveitei ao máximo esses cinco anos fora do país”, afirmou, quando foi anunciado no Tricolor.

Luto

Em nota, o presidente do Paraná Clube, Leonardo Oliveira, declarou luto de três dias pela morte de Jonas Pessalli. “A diretoria do Paraná Clube se solidariza com a família do atleta e está prestando toda a assistência possível neste momento de profunda tristeza. Aos familiares e amigos, os nossos mais sinceros sentimentos”.

Foto: Aniele Nascimento

Foto: Aniele Nascimento

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

62 Comentários em "Ex-jogador do Paraná Clube morre em grave acidente no Pinheirinho"


Sampaio
Sampaio
16 dias 6 horas atrás

Mais uma vida tirada pela falta de responsabilidade de um idi-ota,,,,,( sorte que foi so a dele )

sidnei
sidnei
16 dias 12 horas atrás

Ana, pode até ser desumano o comentário do André, mas…pense…e se fosse de sua família,de seus amigos, ..?Sim, vc tem razão as famílias sofrem,mas ele certamente, pelos estragos, estava “voando baixo”. Irresponsável, infelizmente!E desses motoristas sem noção existem aos montes por aí.

André G
André G
16 dias 11 horas atrás

Meu comentário esta sendo desumano porque o cara é famosinho, jogador de futebol, porém tivesse alguém ali na calçada, algum familiar andando na calçada no exato momento da colisão? Será que estava andando abaixo de 60km/h pra chegar arrancar um poste?

s a santin
s a santin
15 dias 23 horas atrás

André G, ele não arrancou o poste, quem arrancou o poste foi a copel, “ele” ficou prensado com o poste dentro do carro….e a velocidade não preciso nem comentar o “amigo” dele já falou o que aconteceu…..

André G
André G
16 dias 12 horas atrás

Eu moro em uma via rápida e todos os dias eu vejo esses playboy com seus carrões se acham piloto de Stock car, F1. O cidadão famosinho arrancou um poste, fico imaginando a velocidade para fazer isso, ainda bem que pagou com a própria vida e não tirou a vida de um inocente..

Street
Street
16 dias 13 horas atrás

“Se” ele tinha bebido, “se” ele estava correndo, tudo suposiçoes condenando! E “se” ele sofreu um mal súbito? E “se” ele de repente estava fugindo de assaltantes, e “se” houve uma falha mecanica? Muito juizinho fofoqueiro condenando como umas lavadeiras batendo roupa! Querem julgar, cursem direito!

Mário
Mário
16 dias 3 horas atrás

se fosse um choraboy pé rapado das quebradas do Pinheirinho , voando baixo num voyage 93 rebaixado , o julgamento era diferente.
Mas como e um jogador de futebol ⚽️

Mário
Mário
16 dias 4 horas atrás

Falha mecânica num audi A5 de 226 mil e andando em altíssima velocidades e um pouco estranho não ? O carro acelerou sozinho e bateu?

Se ele estivesse em velocidade compatível com a via e tivesse tido um piripaque , o estrago seria grande , mas sairia com vida e até ileso , pq é um ÁUDI A5 !

Nelson
Nelson
16 dias 12 horas atrás

Interpretação de texto e a mania de se meter onde não foi chamado são problemas brasileiros.
“Se” ele bebeu, “se” ele estava correndo e “se” ele estava adotando essas condutas ele agiu irresponsavelmente. São condutas duramente punidas pelo CTB. Não sei o que ocorreu, como disse antes.

Joao Mauricio
Joao Mauricio
16 dias 12 horas atrás

Isto mesmo ele poderia ter tirado vida de inocente se estivesse embriagado e poderia ser ate algum de nos…
precisa sim apurar responsabilidades e que sirva de lição a todos, caso esteja errado ou certo a lição já esta ai… Que Deus mande força e mandamos nossos sinceros sentimentos..
Abraços

Street
Street
15 dias 18 horas atrás

Até carro de formula 1 tem falha mecanica e SE ele estava errado sim foi imprudencia, mas um carro batendo a 70-80 por hora é o suficiente pra matar e destruir qualquer veiculo de passeio, pois a batida pelo que vejo e ouvi das autoridades foi lateral e inclinada, onde o carro tem mais fragilidade!

Mário
Mário
12 dias 7 horas atrás

NAo um audi

PARANITO PENTACAMPEÃO
PARANITO PENTACAMPEÃO
16 dias 13 horas atrás

É muito blá blá blá….agora JÁELVIS !!!!

Tricolão Da  Vila
Tricolão Da Vila
16 dias 14 horas atrás

Meus pêsames a toda família, que Deus conforte a família. Nossa família Paranista está de luto.

Marcelo C
Marcelo C
16 dias 15 horas atrás

ok, “cidadão” exemplar…só um lembrete…ele não matou ninguém a não ser ele mesmo…

Nelson
Nelson
16 dias 15 horas atrás

Um lembrete: Ele poderia ter matado já que em baixa velocidade ele certamente não estava. Respeitar a lei é uma dificuldade para você? Pelo jeito é!

Mário
Mário
16 dias 3 horas atrás

AUDI A5 . Se ele estivesse em baixa velocidade ou compatível com a via , sairia andando ou bem vivo de lá de dentro . Pro cara morrer num AUDI A5 e pq deveria estar voando baixo

Nelson
Nelson
16 dias 15 horas atrás

Não afirmo rigorosamente nada no caso do jogador, mas SE o “cara bebeu ou não bebeu” importa sim cidadão. SE o cara bebe ele e dirige ele assume o risco de matar alguém e a vida de alguém que não tem nada a ver com o porre de um irresponsável que assume um volante importa muito cidadão!

Alfredo
Alfredo
16 dias 15 horas atrás

Não bebo, corro um pouquinho, passo ali com frequencia e acho ridiculo bater ali!
tem que ter muita cachaçadroga na cabeça p/ conseguir bater, não tem nem defeito na pista ali!!

Felipe
Felipe
16 dias 13 horas atrás

Não deve estar na velocidade que ele estava. Pela marcas e danos no veículo estava a uns 200 por hora

Mário
Mário
16 dias 3 horas atrás

Pelo estrago e com morte , e pq deveria estar voando baixo msmo .

O cara tava num pta carro .

Marcelo C
Marcelo C
16 dias 16 horas atrás

O que temos que fazer é orarmos pelas 03 crianças que estão sem um pai agora…

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas