enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Reformulação

Paraná Clube acredita que 2015 será diferente para o time

Novo CT tricolor deixou os dirigentes paranistas bastante empolgados

  • Por Gustavo Marques

A virada começou agora! Esta foi a expressão mais utilizada pelos dirigentes ao confirmarem a locação por quatro anos do novo local de treinamentos do time profissional do Paraná Clube. O Tricolor, a partir de 2015, irá utilizar a estrutura do CT Racco/ Paraná Clube, no bairro do Caiuá. Segundo a diretoria presente no evento, esta aquisição passa a ser primordial para o clube crescer profissionalmente e diminuir gastos com hospedagem e até mesmo com funcionários.

A infraestrutura é digna dos grandes clubes do futebol brasileiro. Com uma área de 64 mil metros quadrados, o local conta com um hotel-alojamento com 28 suítes, refeitório para 160 pessoas, auditório, piscina aquecida, departamento médico, sala de fisioterapia, hidromassagem, saunas e amplo estacionamento. Quantos aos campos, são três oficiais e um society.

O início desta parceria com o proprietário do local, Geraldo Fortunato Barcelos, aconteceu há mais de um ano. Como o clube não atravessa um bom momento financeiro, a iniciativa veio por meio de uma parceria com uma empresa que bancaria o custo de toda estrutura através de naming rights. Sendo assim, o aporte financeiro estava seguro para mudar a logística do departamento de futebol.

“O contato veio há mais de um ano, através das reclamações de jogadores e técnicos que desejavam uma condição melhor de treinamento. O Paraná já usou este CT, vislumbramos esta parceria e tivemos uma receptividade incrível para a parceria com o Geraldo, proprietário do local”, disse o presidente Rubens Bohlen.

A parceria com a empresa paranaense já acontece com a patrocínio na camisa. O presidente da Racco, Luís Felipe Hauly, acredita que a ação da empresa é para fortalecer a marca Paraná Clube e a ajuda não está sendo realizada pelo aspecto financeiro. “Na realidade sou torcedor do Paraná e amo este clube de paixão. Este momento é para dar a grande virada e vamos olhar um clube que está crescendo. Não quero ganhar nada com isto, e sim ver um Paraná novo e respeitado pelo tamanho da sua torcida e pelas suas conquistas”, ressaltou Hauly.

Local tem também piscina aquecida e hidromassagem.

Vila Olímpica do Boqueirão

O estádio deve receber melhorias nos próximos dias. A direção pretende fazer com que os jogos da categoria de base venham a fazer parte do cotidiano do bairro da região sul de Curitiba.

Novo estádio

O sonho de um novo estádio ainda permanece na cabeça do torcedor do Paraná Clube. O presidente Rubens Bohlen confirmou ontem que a direção vai voltar a conversar com a prefeitura de Curitiba para trocar a área da Vila Capanema por uma revitalização da Vila Olímpica do Boqueirão. “Já fizemos as entregas do que o Paraná almeja. Este documento foi entregue ao prefeito Gustavo Fruet. Já á está formalizado o que o Paraná pretende”, afirmou Bohlen.

Hotel-alojamento conta com 28 suítes para duas pessoas.

Ninho da Gralha

Rubens Bohlen declarou na entrevista que o clube não irá perder o CT utilizado hoje pela base. “O Paraná não está perdendo o Ninho da Gralha. Quero deixar isso bem claro. Existe uma situação que vem sendo tratada com muita seriedade e competência por essa diretoria. Ao invés de falar que estamos perdendo, eu gostaria de falar que neste momento estamos agregando patrimônio ao cl,ube’.

Unificação dos sócios

O clube chegou à marca de quase seis mil associados e as modalidades tiveram um alinhamento no mês de agosto. Anteriormente, o sócio olímpico e o do futebol tinham objetivos diferentes e muitas das vezes o clube virou refém disto. Com a aprovação do estatuto, é preciso fazer a atualização até o final de novembro para ter direito a voto na eleição do próximo ano.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

12 Comentários em "Paraná Clube acredita que 2015 será diferente para o time"


Martelo Rubronegro
Martelo Rubronegro
2 anos 11 meses atrás

e como favelado é burro mesmo e acha a palavra AGREGAR bonita e nem sabe o que é. Agregar é acrescentar, adicionar e é exatamente o contrário do que irá acontecer. O paralixo entregará um patrimonio seu(Ninho)e não terá NADA no lugar. Isso é agregar?

Martelo Rubronegro
Martelo Rubronegro
2 anos 11 meses atrás

a tática é a mesma de sempre. Abandona-se o Ninho da Gralha, deixa crescer o mato, desvaloriza o patrimônio e algum diretor espertalhão vai lá e compra por 10% do valor do imóvel. Ou vai ser dado como pagamento de dívida de empresário. Tudo certinho.

Airton Kraismann
Airton Kraismann
2 anos 11 meses atrás

Só irá melhorar se tiver dinheiro, patrocínios, e administração profissional, senão será a mesmice secular que estamos cansados de ver…. Enquanto isso no espaço tricolor vemos “torcedores” dos outros zurrando como sempre….

WILLIAN S.
WILLIAN S.
2 anos 11 meses atrás

Ixe o local lá é legal, agora vai virar uma favela, com os favelados do bolsa família e petistas alojados, aquilo lá vai virar invasão!

Tricolor Camisa 12
Tricolor Camisa 12
2 anos 11 meses atrás

Parabéns ao Sr. Hauly, é de empresários apaixonados que precisamos do nosso lado, não um bando de oportunistas. Muito sucesso à Racco!

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas