enkontra.com
Fechar busca

Coritiba

Coritiba

Coritiba

Fracasso

Coritiba joga mal e perde pro lanterna do Brasileirão

Jogando em Goiânia, o Coritiba criou muito pouco e conseguiu ser derrotado pelo Atlético-GO

  • Por Cristian Toledo
Alan Santos divide com Niltinho. O Coritiba jogou pouco. Foto: Carlos Costa/Estadão Conteúdo

Todos no Coritiba diziam que o jogo diante do Atlético-GO seria difícil. Mas certamente poucos imaginavam que o cenário da partida deste sábado (12) seria tão desfavorável. Jogando mal, mas muito mal, o Coxa foi derrotado por 1×0 pelo lanterna do Campeonato Brasileiro e pode terminar a primeira rodada do returno novamente mais perto da zona de rebaixamento do que do G6. O resultado é um golpe duro na luta alviverde por uma vaga na Libertadores.

Confira como foi o jogo no Tempo Real da Tribuna!

O Coritiba entrou em campo com a mesma formação que venceu a Chapecoense, enquanto o Dragão vinha com praticamente meio time alterado – era a diferença de uma equipe que se recuperara com outra que buscava a recuperação. Com tempo bom (temperatura de 33 graus) e pouca gente no estádio, o clima era propício para que o Coxa fizesse o que Marcelo Oliveira disse antes da partida – “fazer o melhor jogo possível”.

Mas foi o Atlético-GO quem começou pressionando. Era a necessidade do resultado que empurrava os donos da casa para o ataque. Niltinho, Diego Rosa e Jorginho se movimentavam muito para tentar criar jogadas para Walter, o único atacante. O Coxa demorou a atacar, só chegou na área num cruzamento de Matheus Galdezani aos 12 minutos. A partir do primeiro ataque, o domínio passou a ser alviverde.

Isto porque a qualidade do Cori era superior, e o meio-campo, principalmente com Thiago Carleto e Alan Santos, passou a levar vantagem. O primeiro arremate foi de Carleto, cobrando falta para fora, aos 17 minutos. Mas logo depois William Matheus quase marcou um gol contra. Mesmo assim, o Coxa era melhor, tanto que Léo criou ótima chance e obrigou Felipe a defender em dois tempos aos 22 minutos.

Apesar de ter condições de pressionar, o Coritiba não acelerava o jogo. Parecia se preservar por conta do calor e principalmente da baixa umidade, que levara Goiânia a ficar em estado de alerta na sexta-feira (11). Como o Atlético-GO também não chegava com perigo, o primeiro tempo andou lentamente até o seu final. “Tecnicamente o jogo foi fraco”, resumiu Rildo na saída do gramado.

O segundo tempo começou mais animado, com o Dragão tentando na pressão e o Coxa respondendo com Alan Santos arrematando com perigo. Foi a senha para o Alviverde passar a aumentar a força ofensiva na busca do primeiro gol. Marcelo Oliveira optou por colocar Neto Berola no lugar de Thiago Carleto para deixar o time ainda mais agressivo.

Só que quem marcou foi o Atlético-GO. Aos 17 minutos, após uma cobrança de lateral, Jorginho passou facilmente por Márcio e chutou por baixo das pernas de Wilson. Imediatamente Henrique Almeida foi chamado para o jogo, entrando no lugar de Alan Santos. Era um tudo ou nada do treinador alviverde. A primeira chance de perigo foi com Márcio, cabeceando para fora.

Veja a classificação do Campeonato Brasileiro!

Faltava tranquilidade ao Coxa. Apesar de estar com quatro atacantes, nenhum era mais alto que os zagueiros do Dragão – e o time insistia em cruzamentos. Sem Alecsandro, trocado por Tomas após a parada técnica, a bola alta só era interessante nas faltas e escanteios. Mas nem estas eram bem aproveitadas. Nos minutos finais, o Coritiba não conseguia criar, enquanto o Atlético-GO demonstrava tranquilidade para administrar o resultado. Um final melancólico para um jogo terrível para os alviverdes.

Ficha técnica

BRASILEIRÃO
2º Turno – 20ª Rodada

ATLÉTICO-GO 1×0 CORITIBA

Atlético-GO
Felipe; Jonathan (André Castro), Gilvan, William Alves e Bruno Pacheco; Igor, Paulinho, Niltinho (Marcão), Diego Rosa (Breno Lopes) e Jorginho; Walter.
Técnico: João Paulo Sanches

Coritiba
Wilson; Léo, Márcio, Luizão e William Matheus; Jonas, Alan Santos (Henrique Almeida), Matheus Galdezani e Thiago Carleto (Neto Berola); Rildo e Alecsandro (Tomas).
Técnico: Marcelo Oliveira

Local: Olímpico Pedro Ludovico (Goiânia-GO)
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Assistentes: João Luiz Coelho de Albuquerque (RJ) e Wendel de Paiva Gouveia (RJ)
Gol: Jorginho 17 do 2º
Cartões amarelos: Niltinho, Walter (ACG); Alecsandro, Luizão, Rildo (CFC)
Renda: R$ 21.730,00
Público pagante: 1.035
Público total: 1.891

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

17 Comentários em "Coritiba joga mal e perde pro lanterna do Brasileirão"


Cap Tijucas
Cap Tijucas
2 dias 19 horas atrás

kkkkk levou mais uma e de um morto.

soy tricolor
soy tricolor
2 dias 20 horas atrás

o pessoal que apaga os comentários da página são tudo bund.a mole.

a maior torcida doPrCoxa
a maior torcida doPrCoxa
2 dias 23 horas atrás

fora jogadores medíocres. Sempre Coritiba

soy tricolor
soy tricolor
2 dias 22 horas atrás

fechaaaaaaaaaaaaaaaaaaa hahahahahahahahahaha

Alto de tantas glorias
Alto de tantas glorias
3 dias 4 horas atrás

O jogo dos poodles hoje é com o mesmo Bahia que meteu 6 no primeiro turno? Confere 6?

Charles-Franciele
Charles-Franciele
2 dias 1 hora atrás

Confere 6 exatamente!!!

G6 seu comédia!!!
Pakita recalcada!!!

Cap Tijucas
Cap Tijucas
2 dias 19 horas atrás

Eia glorinha se fu.

João
João
3 dias 4 horas atrás

Gleisi, requião e futebol paranaense. Existe vergonha maior?

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas