enkontra.com
Fechar busca

Atlético

Atlético Paranaense

Atlético Paranaense

Não deu

Atlético martela, pressiona o Santos, mas perde e está fora da Libertadores

Furacão criou diversas chances, acuou o Peixe na Vila Belmiro, mas desperdiçou oportunidades e viu os donos da casa marcarem no contra-ataque

  • Por Luiz Ferraz
Furacão lamenta. Time criou diversas chances, mas não aproveitou e perdeu o jogo. Foto: Albari Rosa

Não deu. O Atlético lutou, fez um grande jogo, amassou o Santos, mas está eliminado da Libertadores. Na noite desta quinta-feira (10), na Vila Belmiro, o time atleticano, na sua melhor apresentação nesta temporada, perdeu muitos gols, foi castigado no final da partida e perdeu para o Peixe por 1×0. O Furacão, que precisava vencer por dois gols de diferença, está fora da competição internacional, mas caiu de pé. O foco agora é no Brasileirão e, no domingo (13), o time de Fabiano Soares, com certeza com mais moral, apesar da eliminação, encara o Bahia, na Arena da Baixada.

Confira como foi o jogo no Tempo Real da Tribuna!

A missão era difícil. Precisando vencer por dois gols de diferença para ir às quartas de final da Libertadores, o Atlético fez um grande primeiro tempo. Os primeiros 45 minutos como há tempos não se via. O Furacão sufocou o Santos e só foi para o intervalo em vantagem graças ao goleiro Vanderlei e à falta de pontaria dos seus homens de frente.

Para tanto, o técnico Fabiano Soares armou o Rubro-Negro bastante ofensivo. Colocou uma linha de quatro na frente, adiantou a marcação e dificultou a vida do Santos. O Peixe, tão superior na partida de ida, foi mero espectador na primeira etapa. Guilherme e Nikão, nos primeiros minutos, por pouco não abriram o placar.

O Santos, na única chance criada no primeiro tempo, aos 12 minutos, chegou perto de marcar. Ricardo Oliveira ajeitou e Bruno Henrique mandou perto da meta de Weverton. A partir daí, só deu Furacão. Aos 24, o time atleticano fez uma verdadeira blitz para cima do goleiro Vanderlei. Primeiro Paulo André cabeceou após cobrança de falta. Na cobrança do escanteio, Fabrício e Guilherme exigiram duas outras grandes defesas do arqueiro santista.

O Atlético seguiu em cima do Santos, sabendo da importância de conseguir o primeiro gol ainda no primeiro tempo. Aos 35, Guilherme chutou da entrada da área e Vanderlei defendeu. A melhor chance veio dois minutos mais tarde. Depois da grande jogada de Jonathan pela direita, Sidcley recebeu livre e, sem goleiro, bateu em cima de Lucas Veríssimo e perdeu grande oportunidade de ir para o intervalo em vantagem.

Vanderlei salvou o Santos em diversas oportunidades. Atlético foi para cima. Foto: Albari Rosa

Vanderlei salvou o Santos em diversas oportunidades. Atlético foi para cima. Foto: Albari Rosa

Além dos dois gols, a meta do Atlético no segundo tempo era também manter a intensidade apresentada na etapa inicial. O Santos, com Jean Mota, conseguiu abrir espaços no meio e ficar mais com a bola. O Furacão não conseguia repetir a grande atuação dos primeiros 45 minutos e o Peixe quase marcou, aos 15. Jean Mota cruzou, a defesa atleticana parou e o zagueiro Lucas Veríssimo, livre, cabeceou para fora. Na sequência, o meia santista arriscou de fora da área e assustou o goleiro Weverton.

A entrada de Ederson na vaga do inoperante Ribamar deu mais presença ofensiva ao Atlético. Diante do recuo do Santos, o Furacão voltou a pressionar os donos da casa. Aos 27, Nikão fez a jogada na área, cruzou e Jonathan cabeceou na trave. Quando não era o poste, o time rubro-negro parava em Vanderlei. Aos 28, Jonathan cruzou, Éderson tentou e a bola sobrou para Sidcley, mas o goleiro santista salvou mais uma vez.

Apagado até então, o meia Lucas Lima precisou de uma oportunidade para desequilibrar a favor do Santos. Aos 32, o camisa 10 puxou contra-ataque, serviu Ricardo Oliveira, que cruzou na medida para Bruno Henrique marcar e jogar um balde d’água fria no Atlético. O duelo ganhou um pouco mais de emoção. Aos 37, Lucas Lima tabelou com Ricardo Oliveira e quase fez um golaço.

Valente, o Atlético, mesmo precisando de três gols em poucos minutos, seguiu buscando o ataque. Aos 38, Guilherme arriscou de fora e Vanderlei salvou. Na sequência, Nikão cruzou e Lucho González, pior em campo, chutou com displicência e errou o alvo. Apesar da luta e da disposição, o Furacão, em uma noite pouco inspirada dos seus homens de frente, pressionou, mas não evitou o revés na Vila Belmiro e a eliminação.

FICHA TÉCNICA

LIBERTADORES
Oitavas de Final – Jogo da volta

Santos 1×0 Atlético

Santos
Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Alison (Daniel Guedes), Yuri (Jean Mota) e Lucas Lima; Bruno Henrique, Copete (Thiago Ribeiro) e Ricardo Oliveira.
Técnico: Levir Culpi

Atlético
Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Fabrício; Rossetto (Bruno Guimarães), Lucho González, Guilherme, Nikão e Sidcley (Pablo); Ribamar (Ederson).
Técnico: Fabiano Soares

Local: Vila Belmiro (Santos-SP)
Árbitro: Mauro Vigliano (ARG)
Assistentes: Diego Bonda (ARG) e Gabriel Chade (ARG)
Gols: Bruno Henrique, 32 do 2º
Cartões amarelos: Guilherme (CAP);
Público pagante: 12.360
Renda: R$ 622.995,00

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

81 Comentários em "Atlético martela, pressiona o Santos, mas perde e está fora da Libertadores"


Renato da Costa
Renato da Costa
2 meses 10 dias atrás

Dãããrrrr eu jogava a Liberta…..agora só Jesus Liberta mesmo kkkkkkkkkkkkk tchaaaaauuuj

EL FALIDÃO DAS AMÉRICAS
EL FALIDÃO DAS AMÉRICAS
2 meses 10 dias atrás

O TIME QUE TEM A TORCIDA MAIORIA DE …KORNOS E VA;DIAS ESTA ELIMINADOOOOOOOOOO…kakakakakakakkakak O TIME QUE TEM A TORCIDA MAIORIA DE …KORNOS E VA;DIAS ESTA ELIMINADOOOOOOOOOO…kakakakakakakkakak O TIME QUE TEM A TORCIDA MAIORIA DE …KORNOS E VA;DIAS ESTA ELIMINADOOOOOOOOOO…kakakakakakakkak

Paranista em Sampa
Paranista em Sampa
2 meses 11 dias atrás

Ontem eu ri muito. Denovo. Obrigado por existirem poodles, sem vocês não riria tanto. HAHAHAHAHA

brasileiro
brasileiro
2 meses 10 dias atrás

Vc deve ter rido muito quando eliminamos vcs no Ruralzão/17, em plena favela!!!!!! Ou não????

Marcos
Marcos
2 meses 11 dias atrás

Jogo atípico, com o Santos na retranca. Se futebol tiver lógica, contra o Bahia o Trétis goleará. Não é o caso. Meta do Trétis no ano: chegar no fim do brasileirão na frente do Coxa. Aliás, também é a meta do Coxa no ano: chegar na frente do Trétis. E se dizem grandes…

EL FALIDÃO DAS AMÉRICAS
EL FALIDÃO DAS AMÉRICAS
2 meses 10 dias atrás

O TIME QUE TEM A TORCIDA MAIORIA DE …KORNOS E VA;DIAS ESTA ELIMINADOOOOOOOOOO…kakakakakakakkakak O TIME QUE TEM A TORCIDA MAIORIA DE …KORNOS E VA;DIAS ESTA ELIMINADOOOOOOOOOO…kakakakakakakkakak O TIME QUE TEM A TORCIDA MAIORIA DE …KORNOS E VA;DIAS ESTA ELIMINADOOOOOOOOOO…kakakakakakakkak

METRALHA FUGITIVO
METRALHA FUGITIVO
2 meses 11 dias atrás

Defecou pela boca agora ein….

METRALHA FUGITIVO
METRALHA FUGITIVO
2 meses 11 dias atrás

Jogou como nunca e perdeu como sempre!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

1 2 3 9
wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas