enkontra.com
Fechar busca

Publicidade

Curitiba

Alerta na pista

Somente entre os dias 22 e 25 de dezembro, dezesseis pessoas morreram em estradas do Paraná, segundo levantamentos da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Batalhão de Polícia Rodoviária Federal (BPRv). A intenção era curtir o feriado, mas as imprudências, juntamente com falhas mecânicas e outros problemas, acabam estragando o passeio de muitas famílias.

Além dos mortos, 272 pessoas ficaram feridas e, de acordo com o policial rodoviário federal Fernando Oliveira, alguns acidentes poderiam ser evitados caso houvesse maior cuidado na hora de dirigir.

Mecânico alerta sobre os riscos de não cuidar do seu "possante". Foto: Átila Alberti.

Mecânico alerta sobre os riscos de não cuidar do seu “possante”. Foto: Átila Alberti.

“Quem dirigir deve ficar atento a diversos detalhes, isso porque muitas vezes o pneu de um veículo parece bom para viajar, mas na verdade já está desgastado e para frear fica mais difícil, ainda mais em trechos de chuva, que são bastante comuns aqui no Paraná. E vai muito além disso, muitos motoristas não prestam atenção nos freios, e eles são essenciais para uma viagem segura”, relatou o policial.

O fator climático também deve ser levado em consideração, já que a chuva torna diversos trechos mais perigosos. Para tentar evitar este tipo de acidente, é essencial que o motorista faça uma revisão no veículo antes de pegar a estrada. Em um primeiro momento parece um gasto ‘a mais‘, mas, na verdade, um pequeno reparo pode evitar uma grande tragédia.

“Há casos em que o carro tem uma falha mecânica e não há acostamento na via. Por conta disso, um grave acidente pode acontecer. O motor deve sempre ser bem cuidado, o óleo deve ser trocado e outros itens revisados. Isso ajuda muito”, completou Oliveira.

Leia mais: Seis dicas de colônias de férias pra piazada. Confira!

Por conta dos altos registros de acidentes, a Tribuna do Paraná foi até uma oficina mecânica para entender quais são os itens que devem ser revisados com frequência. O mecânico Eduardo Rauscher explica que a revisão é muito importante e, se feita com a periodicidade correta, não passa de R$150.

“Para quem está com o carro sempre em dia, é difícil encontrar algum problema na revisão. Já para quem não tem muito cuidado, e se forem necessários muitos ajustes, é possível gastar até R$ 1500 somente em coisas essenciais que o veículo precisa”, ressaltou Rauscher.

Confira as dicas do mecânico:

Arrefecimento – refrigeração do motor
Esse é um dos “itens” mais importantes em um veículo. A recomendação é manter o compartimento com o fluído recomendado pelo fabricante e, além disso, a água deve estar sempre no nível correto, para que não haja aquecimento através da refrigeração.

Foto: Átila Alberti.

Foto: Átila Alberti.

Filtro do combustível
O filtro do combustível é um item essencial, já que protege o motor e ajuda muito na economia de combustível. Se for um carro que utiliza álcool, o filtro deve ser trocado com 10 mil quilômetros. Já os carros que usam gasolina devem ser trocados com 20 mil quilômetros.

Freios
Esse é um dos itens mais importantes, já que são os freios que trazem segurança para os passageiros. A recomendação é, fez barulho, sentiu uma trepidação estranha, tem que revisar. A recomendação é trocar as pastilhas de freio a cada 10 mil quilômetros. Além disso, há também o fluído do freio, que também tem prazo de validade e precisa ser trocado de vez em quando.

Foto: Átila Alberti.

Foto: Átila Alberti.

Pneus
Mais um item importantíssimo. Muitas vezes o pneu parece bom, mas na verdade já não tem mais aderência e pode prejudicar muito na estrada. Antes de viajar, calibre os pneus, inclusive o estepe, mas vale lembrar que cada carro tem uma recomendação de calibragem.

Bateria
Geralmente a peça só é lembrada quando o carro deixa de funcionar. Geralmente as empresas dão um ano de garantia, então é preciso ficar atento.

Suspensão
A suspensão também deve ser revisada a cada 10 mil quilômetros e isso inclui balanceamento e geometria. O sinal é aquela ‘puxada‘ que o carro dá para o lado ou outro. É sempre importante fazer uma verificação prévia já que traz segurança para o motorista. Vale a pena checar o desgaste de amortecedores, buchas, molas e batentes.

Leia mais: PRF registra 10 mortes nas estradas federais neste Natal

Lâmpadas e Palhetas
As luzes são obrigatórias nas estradas, então, mais um motivo para se preocupar com elas. A dica é testar todas as luzes antes de sair de casa. Para as palhetas a dica é a mesma.

Painel
Muitas vezes as pessoas acabam ignorando as luzes que acendem no painel, por não ter conhecimento do que ela significa, mas é preciso ficar atento. Caso haja alguma dúvida, basta consultar o manual do seu carro.

Sobre o autor

Luiza Luersen

Luiza Luersen

Jornalista formada pela Universidade Positivo e pós-graduanda em Mídias Digitais e Jornalismo Esportivo.

Deixe um comentário

avatar

14 Comentários em "Alerta na pista"


A Gabardo
A Gabardo
3 meses 21 dias atrás
Alerta também para os mecânicos picaretas e a forte comercialização de peças de segunda linha. Tem muito mecânico e oficina picareta nesse ramo, por ser uma profissão autônoma e sem um órgão para controlar os profissionais, oficinas também não são fiscalizadas, alguma se quer emitem NF e possuem alvará, tem muita gente abrindo uma oficina e enganando os cliente com falsas substituição de peças com serviços duvidosos, é muita malandragem nesse ramo e ocultação de informações.Nunca deixe seu veículo em uma oficina o dia todo, acompanhe a troca das peças, a procedência das peças, se ambas possuem garantia. Eu conheço… Leia mais »
Junior
Junior
3 meses 23 dias atrás

O que acontece, é que o pessoal acha que é só pegar e rodar. O carro nunca precisa de manutenção. Só seguir o manual, não precisa ir em Css. Apenas isso.

Rafael Gomes
Rafael Gomes
3 meses 23 dias atrás

Esse mecânico deve ser aquele que sai trocando tudo se avaliar se esta meia vida..

Rodrigo
Rodrigo
3 meses 22 dias atrás

Nossaaa….!!! Você está apaixonado pelo mecânico? Não para de falar nele…!!! kkkk

Paula Tejando
Paula Tejando
3 meses 23 dias atrás

Luiza Bochechuda e Pre***xuda

Michael
Michael
3 meses 23 dias atrás

Trocar pastilha de freio a cada 10 mil km? Tá louco? O meu carro está com 50 mil km e as pastilhas ainda estão com meia vida!!

Tem que ser muito bração lixador de pastilha para trocar com 10 mil km!

Rodrigo
Rodrigo
3 meses 22 dias atrás

Caraca heim….!!! Só anda em subida então pra não gastar pastilha. 50K e ainda estão com meia vida? Piripipir…corococórrr…!!!

Michael
Michael
3 meses 22 dias atrás

Já ouviu falar de uma coisa chamada freio motor amigão? Aprende a dirigir direito antes de sair comentando o que não sabe.

fernando
fernando
3 meses 22 dias atrás

Duvido muito que uma pastilha de freio dure a cada 10 mil km. Se o teu carro Michael tá com as pastilhas ainda estão com meia vida aos 50 mil kms é sinal de que estão bem cuidadas.

Nao
Nao
3 meses 22 dias atrás

Que ótimo “mexânico” hein?

Rafael Gomes
Rafael Gomes
3 meses 23 dias atrás

Esse é o famoso mecânico “bom” que sai trocando tudo sem necessidade e ainda cobra caro dos menos avisados…

José
José
3 meses 23 dias atrás

Gasolina a R$ 5,10, pedágio a R$ 20,00!

Boa Viagem!

A Gabardo
A Gabardo
3 meses 21 dias atrás

Cadê os almofadinhas com a camisa da CBF kkk

Michael
Michael
3 meses 23 dias atrás

Brasil, um país de tolos.

wpDiscuz
(41) 9683-9504