enkontra.com
Fechar busca

BLOGS

Michelli Duje

Divã da Tribuna

Michelli Duje

Aqui vamos conversar sobre comportamento, relacionamentos e os conflitos que as pessoas encontram em sua vida.

Dicas de como conversar com o “dono da razão”

  • Por Michelli

Muitos brigam por coisas que não vale a pena e que são desnecessárias. Algumas pessoas disputam sobre quem tem a razão e qual o ponto de vista está correto. Insistem em assuntos que não acrescentam em nada, causando longas batalhas. Nessas disputas se esquecem de focar na solução, e passam a focar em quem é o “perdedor” e quem é o “ganhador”. Dessa forma, as pessoas levam as discussões para o “caminho errado”, falando coisas que podem ofender e magoar, gerando conflitos, levando alguns a terminarem boas amizades, a separações de casais e também a rupturas familiares.

Existem coisas que são importantes “lutar” e argumentar (como por exemplo: é importante estabelecer limites com os outros), mas têm outras coisas que não adianta insistir e nem discutir, que será tempo perdido e que não trará nada de bom para a pessoa.

É preciso avaliar o que realmente é importante questionar e dar opinião, refletindo:

*A pessoa com quem estou conversando é alguém que vale a pena? Ela demonstra interesse pelo que estou dizendo?Ela dá abertura para ouvir outros pontos de vista?

*Continuar a falar sobre “esse” assunto realmente fará diferenças na minha vida amanhã?É algo que preciso conversar para que o meu dia a dia se torne melhor?

*Eu estou disposto a escutar opiniões diferentes das minhas ou eu me chateio facilmente quando isso acontece?

Alguém precisa dar uma trégua durante as conversas fervorosas, porque senão podem surgir interpretações erradas, e assim as pessoas ficam estressadas, atacando uma as outras, falando coisas sem pensar, gerando mágoas e feridas que depois podem ser difíceis de cicatrizar.

Nesses casos ceder não significa perder, pelo contrário, significa se libertar da necessidade de estar sempre certo. Também significa dar chance para aprender com o outro, para juntos encontrarem um entendimento em comum (Podem ocorrer constantes brigas quando as pessoas têm princípios morais muito diferentes. A relação flui de forma mais natural e tranquila quando as pessoas se identificam umas com as outras, quando elas têm valores e ideais em comum).

Algumas pessoas são mais sensíveis a determinados assuntos. Por esse motivo é interessante a pessoa observar e reconhecer os pontos mais frágeis dos seus amigos, colegas ou familiares, tendo cuidado e sendo delicada ao abordar assuntos que geram tensão ou tristeza para eles.

Dica:

*“Sinta” como está a conversa (argumentos que são colocados, o estado de humor e o tom de voz). Perceba os sinais de quando o assunto está atingindo os “pontos frágeis” da pessoa, indicando que ela ficará irritada ou triste, perdendo a sua racionalidade, podendo agir de forma explosiva ou sarcástica, tendo como consequência brigas e desentendimentos que não serão produtivos e nem resultarão a uma solução. Nesses casos é hora de dar um tempo, mudando de assunto ou se despedindo daquele que está prestes a ficar exaltado.

Ser inflexível e muito competitivo pode ser sinal de insegurança. Costuma gerar problemas nos relacionamentos, afetando negativamente a vida pessoal e profissional daquele que sempre quer ter a razão. Nesses casos é indicado o acompanhamento com o psicólogo.

www.michelliduje.com.br

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar

2 Comentários em "Dicas de como conversar com o “dono da razão”"


MARIO TAQUEOSPA
MARIO TAQUEOSPA
11 dias 10 horas atrás

Excelente texto, Michelli. Parabéns!!!

fernando
fernando
9 dias 22 horas atrás

Excelente texto. Tem muita gente se achando dona da razao, em vez de admitir seus erros. Quando nao tem o que falar, melhor calar a boca.

wpDiscuz

Últimas dos blogs

Dartagnan

Triboladas

Dartagnan

O mundo do Darta e seus amigos. Piadas, abraços, memes e muito humor

·

Vai faltar

Levi Mulford

Suburbana

Levi Mulford

Notícias e curiosidades do futebol amador, jogado nos bairros de Curitiba. Campeonatos, tabelas e fotos antigas .

·

Fechamento festivo

Augusto Mafuz

Augusto Mafuz

Augusto Mafuz

Opiniões, crônicas e informações exclusivas sobre o mundo do futebol, em especial o Atlético Paranaense.

·

Fatos

Últimas Notícias

Mais comentadas